Cadastro Unificado

Agora o cadastro de usuarios do site estŠ unificado, isso significa que vocÍ n„o precisarŠ mais fazer um novo cadastro a cada ano, ou ter um cadastro para o Congresso e outro para os Workshops.

Somente com o seu e-mail e senha, vocÍ terŠ acesso a todos os recursos restritos do site.



Login do UsuŠrio

N„o ť cadastrado ainda?
Cadastre-se agora!

 

 
Acesse
√Āreas Tem√°ticas

1. Ensino e Pesquisa em Administra√ß√£o e √Āreas Correlatas
2. Direito Empresarial
3. Gest√£o Ambiental
4. Gestão da Informação e do Conhecimento
5. Gestão Estratégica Organizacional
6. Gestão Financeira e Governança Corporativa
7. Gestão Mercadológica
8. Gestão de Negócios Internacionais
9. Gest√£o de Pessoas
10. Gest√£o de Processos, Sustentabilidade e Responsabilidade Social
11. Gestão da Produção e Logística
12. Gest√£o P√ļblica
13. Pesquisa Operacional
14. √Čtica e Transpar√™ncia nas Organiza√ß√Ķes
15. Empreendedorismo e Educa√ß√£o Empreendedora



1. Ensino e Pesquisa em Administra√ß√£o e √Āreas Correlatas

 

A pesquisa em administra√ß√£o como ci√™ncia na gera√ß√£o do saber para o entendimento dos paradigmas presentes na administra√ß√£o de maneira clara e abrangente. A constitui√ß√£o do conhecimento em administra√ß√£o no Brasil; aspectos epistemol√≥gicos e metodol√≥gicos da pesquisa em administra√ß√£o, de modo geral; quest√Ķes de m√©todo e de estrat√©gia de implementa√ß√£o quando se consideram diferentes sub√°reas de conhecimento em administra√ß√£o. Pluralismo e diversidade de designs curriculares: alternativas acad√™micas e profissionais; as inova√ß√Ķes no ensino e na aprendizagem em administra√ß√£o; os caminhos cr√≠ticos do professor e os novos perfis dos alunos de administra√ß√£o; a gest√£o do conhecimento em institui√ß√Ķes de ensino. Al√©m de envolver pesquisas voltadas √†s √°reas do ensino de gradua√ß√£o; ensino de p√≥s-gradua√ß√£o, pesquisa e extens√£o.

 

2. Direito Empresarial

 

Fundamentos econ√īmicos da empresa; empresa e empres√°rio (teoria da empresa, conceitua√ß√£o e distin√ß√£o); obriga√ß√Ķes gerais do empres√°rio (registro, escritura√ß√£o e demonstra√ß√Ķes financeiras); elementos da empresa (nome e estabelecimento); sociedades empresariais (parte geral, sociedades limitadas, sociedades por a√ß√Ķes e sociedades cooperativas); t√≠tulos de cr√©dito; direito concursal (fal√™ncia, concordata, recupera√ß√£o judicial de empresas, regimes jur√≠dicos concursais espec√≠ficos).

 

3. Gest√£o Ambiental

 

Estudos que se refiram a Gest√£o de Recursos Naturais, Gest√£o Energ√©tica, Gest√£o de Res√≠duos Industriais, Sustentabilidade, Sistemas de Gest√£o Ambiental. Conserva√ß√£o racional do meio ambiente; preserva√ß√£o ambiental no contexto da gest√£o empresarial; conscientiza√ß√£o ambiental; atua√ß√£o respons√°vel e racional dos recursos naturais renov√°veis;Teoria da gest√£o ambiental; estudos de Impactos Ambientais(EIA) e Relat√≥rio de Impacto do Meio Ambiente(RIMA), contextualizando a nova s√©rie de normas internacionais, focando o surgimento das normas ambientais e sua interfer√™ncia no mundo dos neg√≥cios; legisla√ß√£o ambiental; licenciamento ambiental; auditoria ambiental;pol√≠tica ambiental na empresa.

 

4. Gestão da Informação e do Conhecimento

 

Estudos que tratam do: compartilhamento das melhores pr√°ticas; do desenvolvimento de bases de dados e de conhecimento; da cria√ß√£o de centros de conhecimento; do uso de tecnologias colaborativas (intranets, groupware); da cria√ß√£o de equipes de conhecimento; das equipes de capital intelectual, identifica√ß√£o e auditoria de bens intang√≠veis. A pr√°tica de gest√£o do conhecimento est√° contida generalizadamente nos pequenos gestos e posturas, incorporada √† cultura organizacional, incrustada nas pr√°ticas e posturas gerenciais. Conhecimento que envolve o Compartilhamento da informa√ß√£o (uso da TI); Compartilhamento do Conhecimento (base K) e Compartilhamento da sabedoria (capacidade coletiva e auto-adaptativa - lado humano). Transfer√™ncia e o compartilhamento do conhecimento existente nas organiza√ß√Ķes. Conhecimento este, que pode ser expl√≠cito, na forma de documentos, relat√≥rios, manuais de funcionamento ou de implementa√ß√£o, ou ainda, o conhecimento t√°cito que est√° na cabe√ßa das pessoas. Informa√ß√Ķes e as experi√™ncias como √© distribu√≠do ou acessado transformando-se em conhecimento para alavancar vantagens competitivas e gerar novos conhecimentos, auxiliadas ou n√£o pelas novas tecnologias.

Inova√ß√£o: a busca pela inova√ß√£o vai al√©m de metodologias, t√©cnicas e ferramentas. Posturas, atitudes e a√ß√Ķes organiza√ß√Ķes devem ser envolvidas para que a inovadora seja cont√≠nua. Envolve a inova√ß√£o nos processos, produtos ou servi√ßos e sua contribui√ß√£o para de desenvolvimento econ√īmico e social do pa√≠s; desafios impostos pelo avan√ßo do conhecimento e da competitividade acirrada em uma economia de crescente interdepend√™ncia.

Envolve tamb√©m os programas de incentivo; fomento √† criatividade; a experimenta√ß√£o, o erro e a puni√ß√£o; distribui√ß√£o dos lucros gerados pela inova√ß√£o; intera√ß√£o com clientes e fornecedores; trabalho em equipe e em rede; melhoria cont√≠nua; comunica√ß√£o interna e externa; estrutura organizacional; Investimentos em P&D; fundos p√ļblicos; incentivos fiscais; coopera√ß√£o com universidades e institutos; propriedade intelectual e industrial; entre outras.

 

5. Gestão Estratégica Organizacional

 

Agrega pesquisas que envolvem temas da gest√£o estrat√©gica nas organiza√ß√Ķes, entre eles: o planejamento estrat√©gico; a organiza√ß√£o industrial; redes de empresas; conte√ļdo e processo estrat√©gico; formula√ß√£o, implementa√ß√£o e avalia√ß√£o de estrat√©gias; ambiente e competitividade; rela√ß√Ķes e impacto da estrat√©gia sobre processos e dimens√Ķes da organiza√ß√£o, entre os quais se destacam a estrutura, a tecnologia, a cultura e a lideran√ßa. Al√©m da dissemina√ß√£o, utiliza√ß√£o e o compartilhamento do conhecimento como vantagem competitiva.

Envolve os diversos temas relacionados ao empreendedorismo, ao comportamento empreendedor de pessoas, grupos e organiza√ß√Ķes. Os t√≥picos cobertos incluem o papel do capital de risco e de outras fontes de capital nos diferentes ambientes sociais, culturais e econ√īmicos; a estrutura de governan√ßa em pequenas e m√©dias empresas e seu impacto no crescimento e desenvolvimento das organiza√ß√Ķes. Engloba o papel que o empreendedor desempenha nas organiza√ß√Ķes privadas e p√ļblicas, assim como do terceiro setor e na sociedade como um todo; bem como sua rela√ß√£o com o desenvolvimento econ√īmico de setores, organiza√ß√Ķes e empresas em diferentes culturas.

 

6. Gestão Financeira e Governança Corporativa

 

Mercado financeiro e ger√™ncia de carteiras de investimento; ger√™ncia de riscos, derivativos e op√ß√Ķes reais; ger√™ncia de institui√ß√Ķes financeiras; finan√ßas internacionais; finan√ßas p√ļblicas e finan√ßas de empresas, incluindo diversas sub-√°reas como: avalia√ß√£o financeira de projetos e de empresas; avalia√ß√£o de riscos empresariais; financiamento de empresas e sua estrutura e custo de capitais; gest√£o de capital de giro; governan√ßa cooperativa e teoria dos agentes.

Outros tópicos especiais são admitidos como seguros, previdência, finanças comportamentais, métodos numéricos e econométricos em finanças, finanças pessoais e aspectos regulatórios e legais.

 

7. Gestão Mercadológica

 

Trata das rela√ß√Ķes das organiza√ß√Ķes com seu mercado de atua√ß√£o, quer visem lucro ou n√£o. Envolve trabalhos relacionados a temas, tais como: comportamento do consumidor; an√°lise de consumo; segmenta√ß√£o de mercado; pesquisa de mercado; desenvolvimento de novos produtos; composto de produtos e servi√ßos; distribui√ß√£o e log√≠stica propaganda; publicidade; promo√ß√£o de vendas; rela√ß√Ķes p√ļblicas "Merchandising"; a organiza√ß√£o de ‚ÄúMarketing‚ÄĚ; e - marketing; endomarketing; marketing de varejo; marketing de servi√ßos; marketing cultural; marketing de relacionamento; marketing social; marketing esportivo; segmenta√ß√£o de mercado; satisfa√ß√£o do cliente; marketingmetrics; marketing estrat√©gico industrial e t√©cnicas avan√ßadas de an√°lise de dados.

 

 

8. Gestão de Negócios Internacionais

 

Internacionaliza√ß√£o de empresas, escolha de mercados externos e modos de entrada. Forma√ß√£o e gerenciamento de alian√ßas estrat√©gicas internacionais, fus√Ķes e aquisi√ß√Ķes transfronteiras, opera√ß√Ķes de empresas multinacionais e subsidi√°rias. Impactos da globaliza√ß√£o econ√īmica nas organiza√ß√Ķes brasileiras, em particular do capital estrangeiro no pa√≠s e nas empresas. Governan√ßa no n√≠vel da empresa e seus impactos nas organiza√ß√Ķes. Estudo da ger√™ncia brasileira em sua interface com o estilo de gest√£o de outros pa√≠ses (cross-culturalmanagement).

 

9. Gest√£o de Pessoas

 

Estudos que tratam da gest√£o de talentos e das rela√ß√Ķes de trabalho no ambiente organizacional e de neg√≥cios, no mercado de trabalho e na dimens√£o interna das organiza√ß√Ķes. Envolve assuntos relacionados ao enfoque sist√™mico da gest√£o de talentos e seus subsistemas; abordagem hol√≠stica de gest√£o de talentos na sociedade do conhecimento, al√©m do gerenciamento da gest√£o de talentos nas organiza√ß√Ķes tendo como refer√™ncia √† import√Ęncia das pessoas e sua integra√ß√£o, envolvendo ainda assuntos voltados ao capital humano e intelectual, como as habilidades e compet√™ncias, lideran√ßa, poder (power-empowerment) e conflito, motiva√ß√£o, desenvolvimento de equipes, aprendizagem individual e organizacional, criatividade e inova√ß√£o entre outros, utilizados no desenvolvimento de pessoas e organiza√ß√Ķes no mundo moderno.

 

10. Gest√£o de Processos, Sustentabilidade e Responsabilidade Social

 

O compromisso e a lideran√ßa empresarial como pilares de um paradigma de desenvolvimento local sustent√°vel. A teoria social e o futuro das corpora√ß√Ķes. Confian√ßa, comprometimento e capital social. Responsabilidade Social Corporativa. Evolu√ß√£o cient√≠fica e a vis√£o da Natureza. As novas for√ßas do mercado: econ√īmicas, pol√≠ticas, sociais, competitivas, legais, tecnol√≥gicas e culturais. A sustentabilidade nas organiza√ß√Ķes. Compreens√£o dos processos produtivos atuais. Fazer sujeira ficou caro. Novos caminhos da Ecologia. M√©todos, processos e oportunidades: em sustentabilidade, reciclagem, ecologia e Biomimicry. Como a Biomimicry est√° revolucionando o mercado em: produtos, processos, energia e custos. Hist√≥rico de Sustentabilidade: Crescimento, Rentabilidade e Responsabilidade Social. Posicionamento Estrat√©gico, Estrat√©gias Corporativas. Os Objetivos Estrat√©gicos dos Neg√≥cios. Eco-efici√™ncia. Indicadores de Sustentabilidade. Projetos Sociais. Desenvolvimento Humano Sustent√°vel. Energias alternativas e ecoefici√™ncia com vistas ao DS. √Āgua e desenvolvimento sustent√°vel. √Čtica, transpar√™ncia e responsabilidade social nas organiza√ß√Ķes. Valores. Moral x Legal. O novo cen√°rio dos neg√≥cios. Os temas das normas SA 8000,NBR 16000 e ISO 26000. C√≥digos de √Čtica. Indicadores do Instituto Ethos. Ferramentas para a promo√ß√£o da responsabilidade social. Pr√°ticas de gest√£o sustent√°vel. A import√Ęncia da sustentabilidade para o Brasil.

 

11. Gestão da Produção e Logística

 

Contempla os temas relacionados √†s organiza√ß√Ķes produtivas, como a administra√ß√£o da produ√ß√£o nos sistemas industriais, bem como os aspectos que envolvem a "produ√ß√£o" de servi√ßos, sejam eles prestados por empresas t√≠picas de servi√ßos ou mesmo por empresas industriais que v√™em no servi√ßo associado aos produtos que fabricam um elemento competitivo.

Desta forma est√£o inclusos os sistemas de produ√ß√£o, os processos de fabrica√ß√£o, planejamento e controle da produ√ß√£o, automa√ß√£o, a gest√£o de manuten√ß√£o, a gest√£o agro-Industrial, a organiza√ß√£o do trabalho e os m√©todos e sistemas Administrativos. Contempla tamb√©m os aspectos log√≠sticos internos e externos das empresas e o que elas t√™m feito para a ado√ß√£o do conceito deSupply Chain Management, al√©m de: administra√ß√£o de projetos, estrat√©gias de produ√ß√£o, entre outras.

 

12. Gest√£o P√ļblica

 

Administra√ß√£o P√ļblica e Gest√£o Social. Avalia√ß√£o da produ√ß√£o cient√≠fica na √°rea de Administra√ß√£o P√ļblica, Configura√ß√Ķes, atores e processos nas rela√ß√Ķes entre Estado, administra√ß√£o p√ļblica, mercado e sociedade. Formula√ß√£o e gest√£o de pol√≠ticas p√ļblicas e sociais, gest√£o de servi√ßos p√ļblicos, privatiza√ß√£o e regula√ß√£o. Novos arranjos institucionais, pol√≠ticos e organizacionais na gest√£o p√ļblica,Organiza√ß√Ķes p√ļblicas e as fun√ß√Ķes gerenciais, Paradigmas e modelos de gest√£o p√ļblica, Transpar√™ncia, controle, accountability, responsabilidade fiscal.

 

13. Pesquisa Operacional

 

Conceitos de Decisão e o enfoque gerencial da Pesquisa Operacional. Modelagem de Problemas Gerenciais. Problemas de Alocação de Recursos - Programação Linear. Dualidade em Programação Linear. Problemas de Congestionamento - Teoria das Filas. Programação Matemática, Decisão Multicriterial, Processos Estocásticos, Simulação, Teoria da Decisão e Teoria dos Jogos, Análise de Demandas por produtos.

 

14. √Čtica e Transpar√™ncia nas Organiza√ß√Ķes

 

Temas que abordem os valores organizacionais, respeito à comunidade, aos consumidores, ao meio ambiente, ao trabalhador, discriminação racial e trabalho infantil.

Reflex√Ķes sobre os conceitos fundamentais da √©tica, da sustentabilidade aplicados aos neg√≥cios e a incorpora√ß√£o e viv√™ncia destes temas no cotidiano dos profissionais e das organiza√ß√Ķes.

 

15. Empreendedorismo e Educação Empreendedora


Nessa linha objetiva-se a produ√ß√£o de estudos com o intuito de investigar os fatores determinantes da inten√ß√£o empreendedora, bem como as caracter√≠sticas do comportamento empreendedor, os fatores de sucesso e fracasso de atividades empreendedoras. Tamb√©m contempla o estudo do impacto do comportamento empreendedor na estrutura e funcionamento das empresas com vistas a identificar fatores determinantes da inova√ß√£o, sobreviv√™ncia e mortalidade das empresas, e estrat√©gias para aumentar sua competitividade. Processo de gera√ß√£o de ideias de neg√≥cios e de identifica√ß√£o de oportunidades de neg√≥cios para a cria√ß√£o de novas empresas, bem como estudos de viabilidade econ√īmica em micro e pequenas empresas. Tamb√©m se inserem aqui Planos de Neg√≥cios para atividades inicias, de estrutura√ß√£o e ou amplia√ß√£o de neg√≥cios. Essa linha de pesquisa visa ainda estudar metodologias e mecanismos de inser√ß√£o do ensino de empreendedorismo como ferramenta de est√≠mulo a cria√ß√£o de novas empresas e ao auto emprego e tamb√©m como forma de inova√ß√£o tecnol√≥gica e educacional. Pode-se ainda contemplar o intraempreendedorismo e o empreendedorismo no Servi√ßo P√ļblico. 

Congresso Internacional de Administração ADMPG 2015 - Todos os Direitos Reservados.